Artigo do diretor: O amor de família e a educação

Por diversas oportunidades, neste espaço, discutimos a importância de as famílias estarem próximas às escolas para que a educação das crianças e dos adolescentes seja mais assertiva. E neste sábado, quando se comemora o Dia Internacional da Família, quero aproveitar nossa conversa semanal para destacar o quanto o amor e a partilha dentro das relações em casa são importantes na formação das novas gerações.

O Dia Internacional da Família foi instituído pela Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), durante reunião feita em 20 de setembro de 1993. A data foi celebrada pela primeira vez em 1994.

Nas configurações atuais, a família pode ser formada por diferentes membros, mas defendo que independentemente da configuração, um núcleo familiar é, acima de tudo, formado por laços de amor, respeito e carinho que se estabelece entre eles. Estes sentimentos transcendem às questões da relação de sangue.

Sempre é importante frisar que é nas relações em casa que nascem os primeiros aprendizados. É por meio da observação do comportamento e das atitudes que a criança começa a criar seu mundo e suas relações com ele. Por meio de orientação e também nas conversas cotidianas, mesmo que distraidamente, os mais velhos transmitem, para as novas gerações, suas tradições, cultura e valores, opiniões e reflexões sobre o mundo e a sociedade em que vivem.

Todos somos parte de uma família, e todos carregamos em nós não apenas o DNA dela, mas um pouco do que ela é. E por isso, gostaria que nossos leitores pensassem sobre como se comportam na frente das crianças, sejam elas seus filhos ou até sobrinhos.

Não há dúvida de que a individualidade das crianças recebe forte influência daquilo que acontece dentro das casas, por isso é preciso sempre ter cuidado com os detalhes.

Como sugestão, gostaria de passar aos pais ou responsáveis, que estimulem a criatividade e os valores bons desde os primeiros anos de vida das crianças. Este será o alicerce sobre o qual será edificado o conhecimento formal no futuro, em sala de aula.

Ensinem desde o começo que a convivência pode e dever ser baseada na confiança, no pedido de desculpas, no respeito à hierarquia e na empatia com as dores e os erros do próximo. Tudo isso será fundamental para o sucesso das crianças no futuro, seja nas escolas, seja no mercado de trabalho ou nas relações sociais diversas.

E acima de tudo, neste Dia Internacional da Família, rogo para que as famílias cultivem e ensinem a maior das lições, que é o amor. Ao lembrar do mestre Jesus, que nos deixou a grande lição de que apenas o amor é o caminho a Deus, peço a Ele que abençoe a todas as famílias.

cartão bruno

Envie sua mensagem

Olá, seja bem vindo.
Informe seu nome, telefone e o que deseja para iniciar.

Rematrícula 2021 - Fácil e Digital

Sempre prontos para atender você!

Escreva a sua mensagem. Responderemos o mais rápido possível.

Ligar
Rota