Artigo do diretor: Educação humanizadora

Todos os profissionais da educação, estando eles em sala de aula ou no suporte pedagógico ou administrativo, são, em grande maioria, pessoas extremamente apaixonados pelo que fazem. Quero acreditar que este bom sentimento também esteja presente nas demais profissões, mas a educação, que é o foco da nossa conversa semanal neste espaço, é fascinante pela sua capacidade transformadora.

Desculpem-me os demais leitores ligados a outras áreas, mas me permitam puxar a sardinha para o lado que tenho militado nos últimos anos. Porque eu creio que a educação é uma das mais eficazes ferramentas de promoção do ser humano.

Eu entendo e vivo a educação como prática social cuja finalidade é transmitir a cultura construída historicamente pela humanidade. Como sabemos, o homem não nasce humanizado, mas torna-se humano por seu pertencimento ao mundo histórico-social e pela incorporação desse mundo em si mesmo, processo este para o qual concorre a educação. A historicidade e a sociabilidade são constitutivas do ser humano; a educação é, nesse processo, determinada e determinante.

A escola pode ser considerada, desta forma, como uma instituição gerada pelas necessidades produzidas por sociedades que, por sua complexidade crescente, demandavam formação específica de seus membros.

A sociedade consagra, hoje, a educação como uma das condições fundamentais para a democratização e o estabelecimento da plena cidadania a todos, e que, embora não seja o único, é certamente um dos fatores necessários e contingentes para a construção de uma sociedade igualitária e justa.

Sob essa perspectiva, a escola, tal como nós a concebemos, tem como finalidade promover a universalização do acesso aos bens culturais produzidos pela humanidade, criando condições para a aprendizagem e para o desenvolvimento de todos os membros da sociedade.

Com o desenvolvimento das ciências a partir da modernidade, o conhecimento científico tornou-se sua principal base de sustentação. E sem ela, o ser humano não consegue entender a si e o mundo à sua volta. Portanto, governos e sociedade precisam ter olhos mais atentos à educação.

O Brasil necessita, urgentemente, de mais escolas e escolas sintonizadas com o seu tempo. Somente desta forma, poderemos sonhar com dias melhores, que serão construídos pelos meninos e as meninas de hoje. A escola nos torna humanos melhores, com potencial de construir uma sociedade mais justa e perfeita.

Agora, no início desse quarto mês de um ano tão difícil, convido os leitores a refletirem de que forma podemos colaborar com este processo.

Devemos manter o otimismo e os olhos no futuro. E se podemos ainda sonhar, é porque no passado fomos acolhidos por outros profissionais e uma sociedade que também acreditava na educação.

cartão bruno
link bruno instagram
link bruno facebook

Envie sua mensagem

Olá, seja bem vindo.
Informe seu nome, telefone e o que deseja para iniciar.

Rematrícula 2021 - Fácil e Digital

Sempre prontos para atender você!

Escreva a sua mensagem. Responderemos o mais rápido possível.

Ligar
Rota