Artigo do diretor: A novela da vida real

Uma, duas, três…. quantas vezes deve-se tentar para a conquista de um sonho? Se a gente parar pra pensar, historicamente, os grandes homens tinham sobre si uma marca parecida: a persistência e a ousadia. Não acredito que no jogo da conquista dos sonhos valha tudo, como por exemplo, passar por cima dos outros, puxar o tapete do próximo pra escalar mais rápido até aquilo que tanto almejamos. Isso foge totalmente dos valores que acredito. Afinal, o respeito, a empatia, devem ser sempre nossos maiores aliados em todo esse processo.

Por outro lado, acredito que valha a persistência, pois penso que ela, misturada com a resiliência e a vontade de vencer farão com que vivamos nossos sonhos de forma materializada. Nos meus principais sonhos nunca apareço só, sempre me vejo rodeado de pessoas. Penso que as melhores conquistas são as vitórias alcançadas de maneira coletiva, e logo vem à minha mente, por exemplo, a conquista do pentacampeonato da Seleção Brasileira de futebol. Apesar de ainda tão pequeno na época, via perfeitamente a luta de um time em busca do seu objetivo e me recordo da grande emoção vivida, tanto pelos jogadores, como por milhões de torcedores espalhados por todo nosso Brasil!

Compreendo que há conquistas que são pessoais, mas particularmente, 95% dos objetivos que eu tenho, trago comigo uma equipe de pessoas. Vale ressaltar que atingir uma meta, seja pessoal ou coletiva, é muito gratificante e a sensação de prazer é intensa! Mas, não podemos nunca esquecer que, para chegarmos na conquista de qualquer área da nossa vida, existe um caminho, por vezes cheio de curvas acentuadas a percorrer e, na maioria das vezes, pegar atalhos pode tornar essa conquista extremamente perigosa.

Temos uma tendência humana de pensar que a grama do vizinho é sempre mais verde e ele tem uma vida boa. Hoje em dia, o fenômeno causado pelas redes sociais faz parecer que todos são felizes e ricos e somente nós temos problemas, mas acredite, na vida real a novela é bem diferente! E isso é um terrível engano, na maioria das vezes, causado por uma representação quase que teatral, pois de perto, nos bastidores das fotos e vídeos, todas as pessoas enfrentam seus desafios e lutam para superar suas limitações e medos.

A verdade é que por trás de cada medalha alcançada há um processo que nem sempre é revelado ou visto, mas um caminho de muita luta no cenário da vida real.

Há alguns meses, decidi treinar futebol, e, aos meus 36 anos, após um longo período sem treinar, imaginem que não foi e não tem sido nada fácil. Mas penso que vale o sacrifício para fazer aquilo que eu gosto, além de conquistar também uma saúde melhor, por exemplo. Me arrisco a dizer de maneira otimista que durante os treinos, a cada 15 chutes, um dá certo e posso comemorar o gol!

Esses dias meu filho João me acompanhou no treino e conseguiu filmar um lance até legal de uma bola que consegui mandar na gaveta do goleiro. E, obviamente, no final do treino, aquela jogada foi logo publicada nas minhas redes sociais (rs). E chegaram vários comentários de amigos e conhecidos, como “rapaz você joga muito”, “que golaço você fez!”; outros ainda “onde você treina que quero começar”… mas, nenhum deles estava de fato lá no treino pra ver o número de erros que cometi antes de acertar aquela jogada.

Pois é, caro leitor, acontece exatamente isso em nossa vida. Por vezes tentamos e erramos e precisamos retornar ao ponto de partida mas, se quisermos atingir nossas metas, a verdade é que precisamos tentar uma, duas, três e quantas vezes forem necessárias para atingirmos os nossos objetivos e desistir nunca será uma opção pra quem quer alcançar qualquer objetivo ou realizar um sonho!

cartão bruno

Envie sua mensagem

Olá, seja bem vindo.
Informe seu nome, telefone e o que deseja para iniciar.

Rematrícula 2021 - Fácil e Digital

Sempre prontos para atender você!

Escreva a sua mensagem. Responderemos o mais rápido possível.

Ligar
Rota